Prefeitura de Poço Dantas realiza reunião para promover revisão do Plano de Resíduos Sólidos urbanos.

1 jun 2017 - Ações / Notícias - SECOM

Foi realizada no dia 17/05 (quarta-feira) do corrente ano, no centro de Referência da Assistência Social, reunião com a equipe do governo e membros da sociedade civil de Poço Dantas para discutir o processo de revisão do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, elaborado em 2012.

Segundo o Prefeito Dede Candido, “esta ação é importante para que o município possa ter acesso aos recursos junto a Funasa para construção do seu Aterro Sanitário, em atendimento a lei 12.305/2010, possibilitando ao município o destino ambientalmente correto aos seus resíduos”.

Participaram da reunião os secretários de Agricultura e Meio ambiente: César Cezário Pinheiro; Obras e Serviços Municipais: Rufino de Almeida Sobrinho; Saúde: Jacenilda Maria Santiago Duarte; Educação: Vicente de Almeida Filho; Gerente de Convênios: Claudineide Baltazar da Silva; Assistência Social: Antônia Pereira de Queiroz Gurgel, dentre outros membros da gestão, além dos Presidentes de Associações: Constantino José da Silva e Francisco Lopes do Nascimento.

Segundo o Economista Tarcísio Valério da Costa (UFPB/GETEC), que faz parte da equipe que irá conduzir os trabalhos da revisão do Plano, esta reunião foi importante para que os membros possam contribuir com o levantamento de dados secundários atualizados, onde os mesmos fazem parte do Diagnostico exigido no Plano.

Desta reunião foi criado uma comissão de acompanhamento, determinada pelo Prefeito Dedé Cândido, através da Portaria 43-A/2017 que ficou assim constituída: 1- Cesar Cezário Pinheiro- Secretário de agricultura e meio ambiente; 2- Claudineide Baltazar da Silva- Assistente Social/Gerente de Convênios; 3- Clara Maria Honorato de Paula- Administradora; 4- Claudemy Baltazar da Silva- Técnico em Edificações; 5- Constantino José da Silva- Presidente da Associação Comunitária “São Francisco Padroeiro”. 6- Elielza Gabriel Braga- Assistente Social/ Professora; 7- Rufino Almeida Sobrinho- Secretário de obras e serviço municipais; 8- Francisco Lopes do Nascimento- Presidente da Associação Comunitária dos agricultores do Assentamento Bom Jesus.

O Plano de Gestão Integrada Resíduos Sólidos Urbanos é uma das exigências da Lei 12.305/2010, que Instituiu a Politica Nacional de Resíduos Sólidos, e é uma das condições necessárias para que os municípios tenham acesso aos recursos federais, ficando sua revisão de 4 em 4 anos. Destacando, dentre suas diretrizes estão: o fim dos lixões, implantação da coleta seletiva, inclusão social dos catadores, educação ambiental, a responsabilidade compartilhada (poder público, sociedade, empresas), dentre outras, finalizou o Economista Tarcísio Valério da Costa.

 

ASCOM/Tarcisio Valerio da Costa