Secretaria de Educação reúne equipe para traçar metas e planejar ações futuras

27 nov 2017 - Ações / Notícias - SECOM

A Secretaria Municipal de Educação, sob o comando do Secretário Vicente de Almeida Filho, reuniu durante a manhã de ontem (10/11/17), na Seduc, diretores administrativos e coordenadores pedagógicos das unidades escolares, para estudar o quadro atual da educação municipal, traçar metas e buscar o alcance de objetivos satisfatórios para rede de educação em debate.

No aludido evento falou-se das conquistas e das dificuldades enfrentadas pela rede municipal de educação. Após a enumeração das conquistas, falou-se do campo das dificuldades e, como exemplo, foram citados: os irrisórios valores repassados pelo governo federal para a merenda escolar; os resumidos, insuficientes e atrasados valores  resultantes do convênio com o governo estadual para a manutenção do transporte escolar; as instalações físicas inadequadas e escassez de água; número diminuído de alunos ano após ano e redução de valores da conta Fundeb;  aumento da folha de pessoal – educadores – por força da Lei do Piso n ° 11.738/2008., como, também, por exigência legal do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração do Magistério Municipal Lei n° 239/13., que trata da carreira e valorização dos profissionais da educação.

No durante o debate foi pensamento consensual e unânime o esforço empreendido pela administração municipal, no sentido de suplantar todos problemas apresentadas, porém as dificuldades financeiras e falta de apoio dos governos estadual e federal, vinham se traduzindo em barreiras intransponíveis para os pequenos municípios.

Em seguida, a secretaria de educação, via Secretário e Técnicos, fez a exposição e análise dos resultados da avaliação realizada pelo Programa SOMA – Pacto pela Aprendizagem na Paraíba -, colocando os resultados em percentuais que  envolvem a análise do nível educacional nos anos iniciais e finais do ensino fundamental para, na sequência,  tomando esses dados como base, corrigir os erros e fortalecer as estratégias acertadas. Na oportuna ocasião foi debatido, também, a possibilidade de elaboração de calendário especial em atendimento ao momento de crise, porém em consonância com a legislação vigente, para não haver ferimento ao direito do aluno em relação aos dias letivos.

Ao finalizar a pauta, em último esclarecimento, ficou acertado que a supervisão escolar e coordenação pedagógica da rede educacional, fariam estudos necessários para tomada de providências em relação a construção de calendário especial exigido pelas dificuldades elencadas, como também, se debrussariam sobre dados educacionais para elaboração de um plano de nucleação, devidamente acordado com a comunidade escolar – diretores, professores, alunos e pais de alunos.

 

Essa foi a pauta.

 

 

Vicente Filho

Sec de Educação